Arquivo

Archive for the ‘101 coisas em 1001 dias’ Category

Recomeçando: 101 coisas em 1001 dias

Pois é… Segundo o que coloquei no post anterior eu já começo esse atrasado em quase dois meses, isso não é bom, mas pelo menos estou aqui novamente.

A partir do dia de hoje eu retomo o projeto 101 coisas em 1001 dias, dessa vez acredito que serei capaz de levar o projeto até o fim primeiro porque eu já tinha um bom nível de maturidade que consegui através até das experiências de outras pessoas no projeto, fora isso agora somo minhas próprias lições aprendidas no decorrer da primeira lista. Contudo seguem algumas considerações quanto ao novo projeto a seguir.

Essa nova lista traz algumas pequenas diferenças com relação à versão anterior, dela tirei alguns itens que já havia concluído, removi outras tarefas que já não faziam tanto sentido por diversas razões e reescrevi algumas pra que fiquem mais claras.

Com relação aos itens removidos percebi que boa parte, embora com objetivos claros e mensuráveis, eles me prendiam a uma condição específica para a conclusão. Seja participação de pessoas específicas e isso não é legal porque muitas coisas podem acontecer num intervalo muito curto de tempo e nem sempre você terá aquela pessoa a disposição quando você precisar. Outras são tarefas extremamente pontuais que se não for naquele momento eu não teria mais como realizar a tarefa, foi o caso da Bienal do Livro, estava tudo certo pra que eu fosse, mas houve um imprevisto, não pude ir e não aconteceria outra durante a duração da primeira lista, ou mesmo, passar o carnaval na Bahia. Não que eu não queria fazer isso um dia, mas minha vontade de conhecer a Bahia não se limita apenas ao carnaval, então se eu puder fazer essa viagem, ótimo, se for durante o carnaval, melhor ainda! Mas não irei me prender tanto a condições específicas pra não tornar a conclusão das tarefas tão engessadas.

Da lista atual algumas tarefas (a maioria) são as mesmas da anterior, contudo algumas vão merecer um acompanhamento diferente, mais próximo, e talvez faça delas até uma categoria própria aqui no blog. No caso as tarefas são Voltar a ficar abaixo dos 90 kg e as que envolvem minha participação em provas de rua. Quem me conhece de perto sabe que eu tenho uma grande vontade de realizar essas provas, mas na hora H eu sempre acabo sendo liso demais. Muita gente vinha me incentivando e me ajudando, mas acabe que sempre as deixei na mão (não é tão trágico como pode parecer) então é minha obrigação fazer o possível e o impossível pra ser capaz de cumprir com minha palavra e participar das provas que havia me comprometido a correr.

Para finalizar, talvez, o único item com critério subjetivo como critério de aceitação seja a tarefa Mudar, porém a ideia é essa mesmo, ser algo aberto e indefinido, mesmo pra mim. A razão disso é simples, mesmo sendo capaz de fazer várias coisas diferentes, tudo sempre acaba acontecendo dentro de uma normalidade que me incomoda um pouco, então a ideia dessa tarefa é forçar algum acontecimento que seja capaz de mudar de forma significativa a minha rotina, seja casando, tendo filho, arrumando um emprego que me faça ir pra algum lugar que eu não conheça, simplesmente mudando mesmo de uma residência para outra. Enfim, mudar.

No mais acredito que seja isso, além do mais é importante frisar que existem várias outras coisas que quero fazer e que não estão aqui ou que até estavam, tenho vontade de conhecer o PUB em Sorocaba, comer um “Frango Estufado” no Applebee’s, etc. Outra coisa importante lembrar é que mesmo sendo uma nova lista, revisada e melhorada, nada impede que algum item acabe sendo cancelado, por qualquer razão, e que novos entrem no lugar. O fato é que eu farei o possível para completar essa lista e com uma boa dose de humildade digo que se for capaz de concluir pelo menos 80% dela eu já me dou por satisfeito.

Por enquanto é só, aos poucos escreverei mais a respeito, mas até aqui acredito que tenha sido o suficiente.

Projeto 101 coisas em 1001 dias – Lista cancelada

Infelizmente é exatamente como diz o título deste post, estou cancelando (muito a contragosto, confesso) minha lista do projeto 101 coisas em 1001 dias.

O principal motivo que me levou abandonar o projeto foi que tive contratempos que não fui capaz de mensurar (e administrar) e que tiveram um reflexo muito negativo no andamento do projeto. Praticamente, em 2010, não dediquei atenção alguma à minha lista, até porque uma coisa sempre acaba puxando outra e na minha lista de prioridades “a lista” sempre ficava no final. Além disso, percebi que mesmo tendo tomado vários cuidados na elaboração da minha lista, inclusive a revisei uma vez, percebi que havia vários itens que estavam me desagradando. Algumas tarefas que talvez tivessem alguma relevância no momento da elaboração da lista, hoje (e já há algum tempo) estão completamente fora de contexto, quer dizer, eu não me identifico mais com alguns itens.

Pensei muito sobre a continuidade ou o cancelamento da lista, montei até um sprint que eu teria que fazer para ficar dentro do prazo, mas no final das contas cheguei a conclusão que seria melhor parar por aqui. Acho que só não abandonei antes porque eu tenho um orgulho besta de nunca abandonar algo que começo. Continuar não passaria de um mero capricho, afinal de contas eu tinha certeza que conseguiria levar até o fim logo na minha primeira tentativa, por fim não deu.

Em todo caso não pretendo abandonar literalmente o projeto, agora preciso me reorganizar, refazer minha lista tirando as tarefas que já cumpri e as tarefas que estão fora de contexto e redimensionar outras tantas, aplicando critérios de aceitação mensuráveis e não tão subjetivos.

Por enquanto é só, espero retomar em breve, contudo, ficará para o ano que vem já que 2010 já foi.

 

PS: Essa é uma decisão que já deveria ter sido tomada a meses atras, mudei de ideia algumas vezes, mas decidi não protelar mais e encerrar o projeto por aqui mesmo e sem arrependimentos.

101 coisas 1001 dias: Exclusões, alterações e andamento

Quando comecei com esse blog meu primeiro post pode ser considerado o post sobre o projeto “101 coisas em 1001 dias”. Desde então já se passou 43 dias e até hoje eu não havia feito mais nenhum comentário a respeito dele e isso poderia representar várias coisas, mas no meu caso representa um problema, na verdade tenho dois! O primeiro deles é que eu estou atrasado com relação a algumas atividades que me propus a fazer e o outro problema é que eu me vi forçado a realizar uma alteração no escopo desse projeto, sendo assim vou cancelar uma atividade em troca de outra e algumas serão alteradas. Normalmente alterações no escopo devem ser evitadas porque isso pode mudar completamente um projeto, dependendo do nível das mudanças às vezes nós temos outro projeto completamente novo, no meu caso são alterações pequenas e isso não chega a ser um problema, mas pode ser que eu tenha que realizar alterações futuras se quiser cumprir com o objetivo de realizar as 101 tarefas no intervalo de 1001 dias, por isso devo tomar um cuidado maior daqui pra frente.

Com relação ao andamento do projeto (como disse antes, estou atrasado) eu já havia definido publicar ao fim de cada 3 meses de projeto uma espécie de relatório de desempenho, meu problema é só definir qual o melhor formato de apresentar o andamento do projeto já que o que serve pra mim não vai servir pra vocês. De qualquer forma quanto a isso eu estou tranqüilo.

A seguir estão as exclusões, alterações e atualizações realizadas na minha lista.

Leia mais

Projeto: 101 coisas em 1001 dias

Quando eu começava a pensar em fazer um blog, a mais ou menos três anos atrás, eu vi no site uma uma grande amiga minha uma idéia que particularmente havia me chamado muito a atenção. A idéia em questão consistia no desenvolvimento de 101 objetivos que deveriam ser cumpridos até o final de 1001 dias.

Achei a idéia bárbara e muito criativa então eu comecei a pesquisar sobre o assunto e vi que esse é um projeto que começou em blogs norte americanos e que foi adaptado pela primeira vez para o português pela Patrícia Muller do blog Sinestesia.

Na minha visão o princípio básico desse projeto é mostrar aqueles que aderem a essa idéia que é possível atingirmos qualquer objetivo quando nos empenhamos pra isso e quando definimos metas claras a serem seguidas. Afinal de contas quantas não foram as coisas que deixamos de fazer porque simplesmente deixamos elas largadas ao vento na forma de uma palavra dita, ou porque não demos um corpo a ela deixando-a somente como uma idéia ou até mesmo por não acharmos ser possível porque qualquer razão que seja.

Fiquei com essa idéia na cabeça durante algum tempo, ora ela vinha, ora ia embora, mas sempre esteve ali, rondando meus pensamentos, então agora eu resolvi também aderir a esse projeto e estabelecer metas claras e bem definidas, mensuráveis e coloca-las para acontecer no prazo proposto.

Abaixo deixo algumas considerações que fiz sobre esse tema:

Sobre minhas metas e objetivo com o projeto

Procurei traçar metas realistas balanceando com coisas que eu preciso fazer, que eu quero fazer, que eu gostaria de fazer e que podem ser simplesmente divertidas se acontecerem. Por traz dessa lista de tarefas está o propósito de cultivar o hábito do planejamento a médio e longo prazo dentro de minha vida pessoal. Nós como brasileiros culturalmente não temos o hábito de planejamento, normalmente somos mais reativos e temos o hábito do “sair fazendo”. Lembro de um podcast do Ricardo Vargas que ouvi uma vez no qual ele fez um paralelo entre um Gerente de Projetos e um jogador de futebol (no caso o Romário), no qual ele dizia que o Romário era um bom jogador de bola porque quando ele não estava em campo defendendo o clube dele ele estava jogando bola porque ele gostava e os gerentes de projeto mais comuns só aplicam as técnicas de gerenciamento de projetos enquanto estão em ambiente profissional e quando estão fora desse ambiente são como a maioria das pessoas, simplesmente não planejam.

Estratégia para atingir os objetivos

Uma coisa eu posso dizer com certeza eu vou cumprir todos os meus objetivos ao final desse período e se posso dizer também outra coisa é que provavelmente muita coisa não vai acontecer da forma como eu tiver planejado.

Tenho formação em Gerenciamento de Projetos (PMI) e tenho também uma bagagem profissional que me dá a experiência necessária para não repetir erros que prejudicam ou que prejudicaram outras pessoas que também aderiram a esse projeto e como disse antes é justamente por isso que eu sei que não será fácil, nesse caso as palavras de ordem são DISCIPLINA e PLANEJAMENTO. Algumas das tarefas não demandam grande esforço (como comprar um sorvete da Häagen-Dasz no meu caso), porém outras necessitarão de um conjunto de ações que me permitam chegar ao meu objetivo (correr a São Silvestre, por exemplo). Algumas dessas tarefas eu posso fazer em qualquer momento desses 1001 dias outras possuem janelas específicas e se eu não me preparar com certeza eu não irei cumprir esses objetivos, por isso eu já tenho os objetivos priorizados e categorizados; eu sei quais são os de curto prazo, os de médio prazo e os de longo prazo; sei quais eu irei executar no começo, meio ou fim do projeto; também tenho uma estimativa de quanto esse projeto todo vai me custar e gerenciar os recursos financeiros é muito importante para conseguir atingir os objetivos.

Considerações finais

O projeto (poderíamos considerá-lo até um programa) por si só é um ótimo desafio e não será fácil cumpri-lo, por isso vou monitorar o andamento dele e divulgar aqui seus êxitos e fracassos. Algumas metas podem mudar (ta coçando pra mudar uma ou outra viu) e a variável mais importante aqui é a variável tempo que é imutável e apesar de parecer que é muito tempo, pouco mais de dois anos e meio, esse tempo passa voando por isso é necessário muito cuidado! É importante não esmorecer e empenhar um nível mínimo de esforço para a realização de todas as tarefas como resultado de planejamento e não porque o mundo simplesmente conspirou de forma favorável. Sorte é bom, mas não dá pra contar com ela sempre.

Não pretendo guiar meus objetivos de vida através dessa lista, tenho outras necessidades e planos que não coloquei aqui e que com certeza irei realizar nesse periodo e eu acho que ai é que está a graça disso tudo. Em qualquer projeto temos sempre que lidar com situações que não fazem parte do projeto e essas situações podem influenciar bastante o andamento do próprio projeto. Sempre existirão obrigações profissionais, acadêmicas, família, amigos, relacionamentos e mais um monte de outros fatores por isso é tão importante tomar cuidado de termos disciplina para cumprir com o plano.

Esse post termina aqui e acho que pra começar esse blog já está ótimo!

PS: Para acessar minha lista aqui